Você sabe qual a importância da imagem da empresa?

Você sabe qual a importância da imagem da empresa?

Nem sempre ter o melhor produto ou serviço é suficiente para levar um negócio ao sucesso. Já parou para pensar como grandes companhias se posicionam no mercado e divulgam suas marcas? Os valores, o conceito e a missão são mais importantes, na propaganda, do que os benefícios oferecidos em suas soluções — e isso fortalece muito a imagem da empresa.

Neste post, explicamos o porquê de se preocupar com a imagem da organização, como isso pode ser feito e alguns erros que devem ser evitados. Confira!

A importância da boa imagem

Empresas com uma boa imagem têm mais chances de ganhar a confiança do consumidor, ser mais competitivas e fidelizar os clientes. Quando há autoridade, a marca se torna naturalmente mais forte e o valor disso no mercado supera qualquer investimento em propaganda, que, assim, tende a ser reduzido.

É importante saber que a boa imagem da empresa não se resume à identidade visual adotada em seus materiais. Isso também é importante, mas a comunicação clara de seus valores e de seu posicionamento é igualmente, ou ainda mais, essencial.

Quando a mensagem é percebida da maneira ideal, as personas se sentem conectadas à marca. Assim, não só compram seus produtos ou serviços, mas ajudam a promover a organização de maneira informal, seja em seu círculo de amigos, seja na internet.

A construção da imagem da empresa

A simplicidade e a beleza do design são diferenciais das soluções da Apple — é assim, pelo menos, que a marca se posiciona. No site da empresa, esses aspectos se refletem no leiaute. E os comercias da Nike? Neles, os atores praticam esportes e ajudam a criar a imagem de alto desempenho e inovação.

A boa imagem da empresa é construída assim: no site, na propaganda de televisão, nas redes sociais, na comunicação com colaboradores e fornecedores, no atendimento e em todos os outros pontos de contato com a audiência.

Em relação ao design, geralmente, as organizações têm um manual de marca para estabelecer sua identidade visual. Nesse documento, há regras de uso da logo, das cores, da tipografia e da linguagem, entre outros. Esses padrões ajudam a dar mais credibilidade para oferecer confiança ao consumidor — o que aumenta as vendas.

As melhores práticas para ter uma boa imagem no mercado

Planejamento

O primeiro passo para criar a boa imagem da empresa é planejar. É preciso entender quem é o público-alvo da marca e, a partir disso, estabelecer diretrizes que ajudem a companhia a se comunicar com essa audiência.

Pessoal

A experiência do cliente é fundamental para construir uma boa imagem. Não adianta o site ter um leiaute perfeito e responsivo se, na hora do atendimento, o consumidor não consegue resolver seu problema com facilidade. A equipe deve ser treinada para lidar com o cliente e contribuir positivamente para o branding.

Feedbacks

Ouça os clientes para conhecer seus desejos, suas necessidades, seus desafios e suas opiniões — especialmente as que ele tem sobre a marca. Use essas informações e faça adaptações nas estratégias de branding da organização.

Terceirização

Se a empresa não tem uma equipe interna de marketing ou assessoria de imprensa, a contratação de uma agência pode ser uma solução viável. Assim, a responsabilidade de criar a estratégia e colocar em prática as ações de branding fica com os especialistas no assunto.

Os erros que podem ser evitados

Os elementos de design devem ser adaptados às novas tecnologias. O site deve ter boa navegabilidade e carregamento rápido. A logo deve ter versões diferentes para aplicação em locais distintos. É importante acompanhar a evolução dos hábitos de consumo. Por isso, a utilização de tecnologias como a computação em nuvem e a inteligência artificial pode ajudar a reduzir custos e prestar um serviço melhor ao cliente.

A manutenção da boa imagem da empresa, então, é essencial. Os consumidores não compram produtos somente pelo que eles são, mas também, pelo que a marca representa. Por isso, procure avaliar como os clientes se sentem em cada ponto de contato e, se preciso, atualize as estratégias de branding.

Aproveite e saiba mais em nosso artigo sobre rebranding e mudança de identidade corporativa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *