[ESTENDER + 500] Conheça os (x) principais fatores de rankeamento do Google!

[ESTENDER + 500] Conheça os (x) principais fatores de rankeamento do Google!

Para quem busca mensurar melhor os seus investimentos e começar a investir na transformação digital para, por exemplo, reduzir os gastos com mídia paga, investir no rankeamento no Google é fundamental. Com as práticas corretas, é possível conseguir melhores resultados de forma orgânica.

Afinal, não existe lugar melhor para apresentar a sua marca do que no Google, a ferramenta que domina 92,6% do mercado de mecanismos de busca. Nos dias de hoje, não basta investir em produtos e serviços de qualidade, é preciso que os consumidores conheçam a sua empresa.

Portanto, preparamos esse artigo para ajudar você nessa tarefa. Que tal, então, continuar a leitura e conhecer os principais fatores de rankeamento no Google para alavancar os resultados da sua empresa e superar a concorrência? Confira!

Qual a importância de ser relevante no Google?

De acordo com uma pesquisa de 2018 da Provokers, 68% dos usuários descobriram uma nova loja ao realizar uma pesquisa no Google. Além disso, o estudo mostra que uma empresa com um bom rankeamento no Google tem 13 vezes mais chances de ser escolhida em meio a tantas opções.

Além de garantir um bom posicionamento na primeira página, é importante que seu negócio seja relevante no Google para que isso mostre a autoridade que ele tem em um determinado assunto. Pense na seguinte situação: você está com uma dúvida sobre um tema, pesquisa sobre isso no Google e aparecem várias opções de conteúdo, várias páginas falando sobre aquilo. Você lê o conteúdo que aparece em primeiro lugar ou o que aparece em último? Na última página de todas?

O primeiro, com certeza. Por um motivo simples: só pelo fato dele estar ali, já indica que ele é uma fonte confiável, que é uma autoridade e que vai entregar o que o usuário está procurando. Após ter esse primeiro contato bem-sucedido, o usuário fica mais propenso a voltar no seu site e prosseguir no funil de vendas.

Portanto, como ignorar esses números tão expressivos? É fundamental investir em formas de destacar a sua empresa nos mecanismos de busca, especialmente no Google. Com algumas técnicas de Marketing Digital, você pode conseguir um posicionamento ainda melhor no buscador e atrair mais consumidores para o seu negócio.

Qual o impacto do SEO no posicionamento da sua marca?

Quando falamos em rankeamento no Google, não existe estratégia mais eficiente do que colocar em prática algumas técnicas de SEO (Search Engine Optimization). Ao executar um planejamento voltado para essa estratégia, a tendência é que você consiga uma posição mais alta no buscador.

Não basta aparecer no Google, é preciso rankear entre os primeiros resultados, afinal, estudos mostram que 90% dos usuários não passam da primeira página da busca. Portanto, se você quer gerar mais tráfego orgânico para as suas páginas e fortalecer a relevância digital da sua marca, SEO é o caminho.

A forma com que isso vai acontecer é com as otimizações no site e blog. Um blog post otimizado com todos os pontos do SEO, têm maiores chances de atingir o rankeamento no Google do que um que não está otimizado. Contaremos a seguir quais são os principais fatores. Vamos lá?

Quais os 10 principais fatores de rankeamento no Google?

Para conseguir um melhor rankeamento no Google, é fundamental estar atento a alguns fatores que são considerados pela ferramenta de busca. Para facilitar o seu trabalho, listamos algumas delas. Confira! 

1. Utilização de palavras-chave

As palavras-chave são fundamentais para que a sua página tenha um bom posicionamento no Google. A partir da análise das pesquisas realizadas pelos usuários, você identifica quais são os termos que você deve trabalhar e, assim, se destacar no buscador.

O que são as palavras-chave? São os termos que ficarão em destaque em um blog post ou em alguma página no site, o Google analisa qual a palavra-chave, por isso ela é tão importante!

2. Relevância do conteúdo

O conteúdo publicado precisa ser relevante e o Google também avalia como um fator de rankeamento. O ideal é criar materiais ricos e originais, que, de fato, ajudem o usuário. Conteúdos superficiais têm poucas chances de rankear, muitas pessoas saem de uma página quando veem que um conteúdo é raso.

O Google não vê isso como um ponto positivo. Muitas pessoas saíram rápido de uma página? Ele vai entender que não é um conteúdo bom e não o mostrará nas primeiras páginas.

3. Bons links internos e externos

A linkagem é outro fator importante para aparecer entre os primeiros resultados. Tanto os links que você utiliza nas suas publicações, como outras páginas que usam o seu endereço como referência. Podem ser links do seu próprio site ou de sites externos, como sites de dados e pesquisas.

4. Tamanho do conteúdo

Não só a qualidade é importante, mas também o tamanho. Não passar das 3 mil palavras, por exemplo, é uma prática comum. No entanto, lembre-se que o conteúdo também precisa ser relevante para o usuário. Conteúdos rasos e pequenos passam despercebidos. 

5. Permanência na página

Quanto mais tempo o usuário fica em uma página, na teoria, mais relevante é aquele conteúdo. Portanto, é essencial investir na produção de conteúdo relevante, que cative a atenção do consumidor e faça com que ele passe mais tempo no seu site. 

6. Autoridade do domínio

Quanto maior for o tráfego da sua página, maior vai ser a autoridade do seu domínio. Afinal, o Google vai entender que a sua página é extremamente relevante para os usuários e, assim, indicar um melhor posicionamento.

7. Taxa de rejeição

Não adianta tentar enganar o usuário ou oferecer um conteúdo de baixa qualidade, pois o Google consegue identificá-lo. Quando o usuário abre sua página, não interage e deixa o seu endereço, isso representa um aumento da sua taxa de rejeição.

8. Otimização de título

Lembra da palavra-chave? Ela está de volta. Aqui ela é mais importante que nunca, pois esse é o momento em que ela deve aparecer no título. O título é uma das partes mais importantes do SEO e é o que vai mostrar para o Google o que aquele conteúdo traz.

Vale mencionar que ele não é apenas o título do blog, ela deve estar também na parte técnica do site, no HTML. A maioria dos sites são em WordPress, a plataforma possibilita o uso do Yoast SEO

O Yoast é um plugin que pode ser instalado, e por ele, você pode editar as informações técnicas do site, que não estão sempre nas partes visíveis do site, mas que são importantes e que serão muito úteis para ajudar no rankeamento no Google. Ele tem uma versão gratuita e ela já é muito completa.

9. Otimização das imagens

Os mecanismos de busca observam tudo de uma maneira mais técnica, por isso, eles analisam as imagens com muito mais detalhes do que nós vemos. Eles veem tudo no formato de pixels, eles sempre buscam na imagem qual a relação dela com aquele blog post.

Por isso, é necessário colocar na imagem o que os mecanismos querem ver: o nome do arquivo, ALT text, conhecido como texto alternativo, descrição da imagem e legenda. Essa otimização deixa o conteúdo mais completo, pronto para rankear no Google Imagens e também ajuda usuários com deficiência visual.

10. Velocidade de carregamento da página

Seu site não pode demorar mais de 2 segundos para abrir. Se passar disso, ele começa a ser penalizado pelo Google, porque isso atrapalha o usuário. As pessoas não costumam ficar muito tempo em sites que demoram a carregar, isso atrapalha a navegação e às vezes até gera desconfiança no usuário.

Como a Atrevo pode ajudar seu site a rankear no Google

A Atrevo é uma agência de Design, que atua com desenvolvimento de marca, mídia impressa, mídia virtual, sinalização e comunicação empresarial. Estamos atuando diretamente na criação de conteúdo digital para quem quer rankear nas primeiras páginas, mas não sabe como.

Agora que você já sabe tudo o que precisa fazer para conseguir um melhor rankeamento no Google, você pode aplicar as dicas ou contar com a ajuda de especialistas para aplicar no seu site.

Se você optar pela segunda opção, entre em contato conosco! Será um prazer ajudar seu site a rankear na primeira página.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *