5 dicas para tirar proveito do gerenciador de anúncios do Facebook

5 dicas para tirar proveito do gerenciador de anúncios do Facebook

Se você já faz algum tipo de campanha nas redes sociais já deve ter, pelo menos, ouvido falar sobre o gerenciador de anúncios do Facebook. Essa ferramenta permite ao gestor da conta anunciar para um público muito mais segmentado e detalhado com base nas informações de persona e estratégia de marketing.

Portanto, quando um anúncio é criado direto no botão impulsionar, as configurações da campanha são genéricas e comprometem os resultados. No entanto, os detalhes inseridos na configuração pelo gerenciador são mais ricos, permitindo o alcance dos seus objetivos de forma mais segura.

O gerenciador de anúncios do Facebook traz recursos e vantagens para o sucesso da sua campanha, mas é necessário saber utilizá-lo melhor. Por isso, confira as dicas a seguir!

1. Planeje uma campanha de cada vez

Para cada campanha, tenha um planejamento definido, considerando sempre a persona e os objetivos. Quando for utilizar o gerenciador de anúncios do Facebook, perceba que os primeiros passos da configuração estão relacionados à jornada do cliente:

  • descoberta para reconhecimento da marca, divulgação e alcance;
  • consideração para tráfego, envolvimento, instalar app, visualizar vídeo e gerar cadastro;
  • decisão para conversões, vendas do catálogo de produtos e visitas ao estabelecimento.

2. Crie o seu público-alvo

No gerenciador de anúncios do Facebook, também é possível criar 4 tipos de público, diferente de quando você anuncia no botão impulsionar. Essa criação de público é fundamental para a abrangência do seu anúncio, permitindo falar com a sua persona conforme a mensagem. Os tipos de públicos são:

  • público personalizado;
  • público semelhante;
  • público salvo;
  • público para anúncio especial.

3. Tenha atenção aos requisitos dos anúncios

O Facebook oferece vários formatos de anúncios. Portanto, além de se preocupar com a resolução e a qualidade das imagens, é necessário respeitar os formatos para que não pareçam produções amadoras e comprometam a entrega dos anúncios.

Nesse sentido, se uma imagem é destinada para o feed, não tente usá-la no stories. Crie desdobramentos do mesmo conteúdo adequando os formatos para cada ferramenta. Inclusive, lembre-se de respeitar o limite de 20% de texto nas imagens.

4. Aposte nas chamadas de ação

Esse recurso é essencial para captar informações do seu público, criar um relacionamento e possivelmente gerar vendas. Por isso, invista nas chamadas de ação nos seus anúncios de acordo com o objetivo da campanha. Um CTA bem definido pode ser o primeiro passo para criar conversões qualificadas para a marca.

5. Utilize as métricas e os relatórios

Outro recurso do Facebook Business é poder acompanhar as métricas e os relatórios de cada anúncio. Por isso, trace os principais pontos para mensurar os resultados e analise frequentemente esses relatórios. A plataforma permite análises diárias, semanais, mensais e outros para facilitar a visualização do gestor.

Portanto, o gerenciador de anúncios do Facebook é uma ferramenta completa para o marketing digital, basta saber utilizá-la. Nesse sentido, aproveite para configurar suas campanhas e sempre analisar, bem como comparar os anúncios para efetivar possíveis melhorias e adequações conforme as necessidades.

Por fim, você quer saber quando seus esforços em marketing digital estão dando certo? Então leia este artigo em nosso blog sobre métricas de marketing digital!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *