Ferramentas de automação de marketing: como escolher a melhor opção?

Ferramentas de automação de marketing: como escolher a melhor opção?

Todo gestor quer diminuir a carga de trabalho dele e de sua equipe para aumentar a produtividade, gerar mais negócios e reduzir o estresse. Quando se trata de atrair clientes, existem programas que ajudam a fazer isso de forma exemplar, além de ajudar na mensuração dos investimentos, métricas e otimização de campanhas.

São as ferramentas de automação de marketing, cujos recursos vão muito além do e-mail marketing e seus indicadores. Neste artigo, há algumas dicas que ajudarão gestores a conhecer melhor essas soluções e escolher a melhor opção para seus negócios.

Os primeiros passos

Para comparar as ferramentas de automação de marketing é preciso considerar os recursos oferecidos por cada serviço, suas vantagens e desvantagens, as necessidades da empresa e a capacidade de investimento. Isso ajudará na decisão por uma plataforma com recursos mais robustos ou mais básicos.

Um dos primeiros passos é analisar se o serviço se adapta à dinâmica da empresa e integra a outros programas utilizados. Se o objetivo do gestor for implementar uma estratégia que diminua as atividades manuais e aumente a produtividade sua e de sua equipe, isso é essencial. Portanto, ele deve verificar o que inclui cada plano e verificar se podem haver custos adicionais.

As ferramentas de automação de marketing mais comuns

Existem diversas opções no mercado. Neste artigo listamos apenas as 5 plataformas mais utilizadas no Brasil. Acompanhe!

Active Campaign

A Active Campaign tem um preço razoável e oferta muitos recursos úteis. O serviço oferece um aplicativo de mensagens, teste A/B, plugin para o Google Chrome, entre outros recursos, além de uma interface bem intuitiva. O valor muda de acordo com a quantidade de contatos e usuários, mas um plano pago anualmente com até 1.000 leads e 3 funcionários, custa U$ 17/mês.

Hubspot

Reconhecida no mercado de inbound marketing, a Hubspot oferece muitos recursos, blog, e-mail marketing, criação de landing pages, CRM, vendas, categorização de leads e integrações com redes sociais.

O usuário pode utilizar gratuitamente para criação de formulários, gerenciamento de contatos, entre outras funcionalidades, mas conforme o negócio cresce, os planos assumem valores que vão de U$ 50 a U$ 2.400 ao mês, cobrado anualmente.

LeadLovers

A LeadLovers oferece hospedagem de domínios, criação de landing pages e até mesmo a possibilidade de criar um curso online. A empresa é brasileira e muito utilizada por quem participa de programas de afiliados, como o Hotmart, pois possibilita várias integrações. O plano mais econômico custa R$ 128,61/mês.

Mautic

A Mautic é uma plataforma de automação open source, ou seja, é possível fazer alterações no código fonte. Isso é útil para empresas que desejam ter uma solução mais personalizada e customizada, de acordo com suas necessidades. A solução é gratuita, mas exige um desenvolvedor que conheça a linguagem de programação.

RD Station

A RD Station, da Resultados Digitais, é uma das mais conhecidas e utilizadas no Brasil. É possível gerenciar redes sociais, criar páginas de captura, enviar e-mails segmentados e analisar leads. A solução custa entre R$ 349 a R$ 1.879 ao mês, com tempo mínimo de 12 meses. Além disso há um pacote de implementação obrigatório no valor de R$ 1.290.

A escolha da melhor ferramenta para a empresa

Existem algumas análises a fazer antes de contratar o serviço, como a reputação de cada empresa, os limites de cada plano, opinião de clientes e a possibilidade de testar o serviço. Aqui destacamos três outros pontos a verificar:

  • Preço: é preciso analisar não apenas o valor do plano, mas também o de treinamentos e extensões adicionais, pois esses podem ser custos inesperados, acompanhando o crescimento da empresa.
  • Usabilidade: é importante escolher um serviço que o time consiga utilizar, seja por conhecimento prévio ou de maneira intuitiva (sem erros, de preferência).
  • Integrações: a plataforma deve poder integrar com aplicativos, CRM e outros programas para facilitar o trabalho do gestor e sua equipe.

A escolha entre as ferramentas de automação de marketing pode ser um pouco complicada, pois exige várias análises. Uma dica é analisar o tamanho da empresa, pois os números de colaboradores, leads, recursos necessários e capacidade de investimento costumam variar de acordo com o porte da organização.

Gostou do conteúdo? Quer aprender mais sobre marketing digital? Então siga-nos no Facebook e Instagram!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *