Análise da concorrência: aprenda a identificar e superar os concorrentes

Análise da concorrência: aprenda a identificar e superar os concorrentes

Independentemente de a empresa ser iniciante ou não, fazer a análise da concorrência é essencial. É isso que permite entender se as ações estão no caminho certo, obter insights e boas ideias, e ainda conhecer as inovações que já são praticadas por outras empresas.

Neste post, explicamos a relevância da análise contínua, com foco no ambiente digital, e damos dicas de como fazer isso com o uso de algumas soluções. Acompanhe!

A importância da análise da concorrência

Não basta conhecer o perfil do público-alvo da companhia, as tecnologias existentes e estar em todas as mídias sociais. Se a marca não compreende o ambiente em que atua e como está posicionada em relação à concorrência, tudo isso é inútil.

Ao fazer a avaliação da concorrência de forma contínua, pode-se entender melhor o mercado e os desafios a superar, encontrar oportunidades e descobrir possíveis melhorias. A análise de forças, fraquezas, oportunidades e ameaças (Strengths, Weaknesses, Opportunities and Threats – SWOT) já é bem conhecida, mas nem todo gestor a aplica ao ambiente digital.

Em tempos de transformação digital, é preciso analisar, ainda, como a imagem da marca está on-line. Qual é seu posicionamento médio no Google para as palavras-chave mais importantes? Existe um canal de atendimento virtual? Quais estratégias podem ser mais eficientes? E quais são as preferências das personas?

Quando analisa esses aspectos, o empreendimento tem mais chances de melhorar suas ações de acordo com as melhores práticas do mercado. E isso, naturalmente, permite que ele proporcione uma melhor experiência ao cliente.

A análise da concorrência nos meios digitais

Visitar o site e os perfis sociais de empresas da região permite avaliar preços de produtos e ofertas, mas há maneiras mais estratégicas de analisar a concorrência. Demonstramos algumas delas a seguir. Confira!

Defina os concorrentes

Antes de analisar a concorrência, é preciso saber quem compete com a empresa na internet. Busque por marcas que vendem os mesmos produtos ou serviços e, portanto, dividem o mesmo mercado. Em seguida, pesquise as que comercializam itens semelhantes e que satisfazem as mesmas necessidades do consumidor.

Isso pode ser feito em buscadores, como o Google, redes sociais e ferramentas como o SEMrush, com palavras-chave importantes para a organização. Provavelmente, haverá diversos concorrentes: dê preferência aos que estão mais próximos geograficamente ou que investem em estratégias de marketing semelhantes à sua.

Utilize ferramentas de análise de SEO e desempenho

Existem diversas soluções on-line, a maioria delas de otimização para ferramentas de busca (Search Engine Optimization – SEO). Elas podem ajudar a encontrar as palavras-chave mais importantes para o segmento e que os concorrentes, provavelmente, usam em suas estratégias.

No SEMrush, pode-se pesquisar tanto por palavras-chave, quanto por sites específicos. Depois, o programa informa os termos mais relevantes, que podem ser os mais buscados ou os que garantem mais tráfego para os concorrentes, tanto organicamente quanto com anúncios no Google Ads.

A partir disso, avalie o volume de buscas mensais das palavras-chave mais importantes e seu índice de competitividade. Assim, fica mais fácil ter uma ideia do quão difícil pode ser superar a concorrência organicamente.

Monitore as redes sociais

É preciso acompanhar, ainda, a presença dos concorrentes nas redes sociais. Assim, a marca pode obter insights sobre quais conteúdos podem agradar mais o público-alvo, qual é a linguagem mais indicada, quais elementos de design escolher e comparar métricas (como número de seguidores e taxa de engajamento).

Isso pode ser feito manualmente no Excel ou em ferramentas como Buffer, HootSuite, MLabs e Quintly. As redes sociais costumam ter relatórios para análise que podem ajudar. É o caso do Facebook, que oferece insights e permite comparar a fanpage do empreendimento com as dos concorrentes.

As estratégias de marketing digital

Quando se faz a análise da concorrência, podem-se conseguir insights sobre as estratégias mais interessantes para a companhia. Além de usá-los para criar campanhas melhores, pesquise a avaliação do público-alvo sobre essas empresas. Assim, além de conhecer as melhores práticas, a organização pode descobrir oportunidades interessantes.

Quer ler mais conteúdos sobre marketing digital? Então curta nossa página no Facebook e fique sempre atualizado!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *