12 indicadores para avaliar sua estratégia de marketing digital!

12 indicadores para avaliar sua estratégia de marketing digital!

A sua empresa está investindo em ferramentas de Marketing Digital, mas você sente que falta algo para atingir resultados mais eficientes? Quer mensurar melhorar os seus investimentos? Então, quem sabe, a peça-chave para o sucesso das ações não seja dar mais atenção aos indicadores de Marketing?

Afinal, uma boa estratégia deve ser feita de forma completa. De nada adianta criar diversas campanhas sem saber quais foram os resultados de cada uma delas. Além de não haver direcionamento para as próximas ações, o que pode ser um verdadeiro “tiro no escuro”, nunca se sabe se aquele investimento está valendo a pena.

Acredita que esse possa ser o seu caso? Então continue a leitura deste post, conheça alguns indicadores de marketing importantes para medir o desempenho das suas ações e saiba como essa prática pode gerar melhores resultados para o seu negócio! Confira!

Qual a importância de definir objetivos e metas?

Antes de entrarmos na importância dos indicadores de Marketing, é preciso entender qual o caminho a ser seguido. Afinal, para que seja possível medir resultados, é preciso estipular quais são os objetivos de cada campanha. Ou seja, quer mais visitantes por meio de tráfego orgânico ou aumentar a taxa de conversão?

Assim, é possível estabelecer quais vão ser as estratégias utilizadas para atrair, conquistar ou fidelizar clientes. Dessa forma, no momento de avaliar quais ações deram mais certo e aquelas que precisam ser reformuladas, as metas e prazos previamente definidos vão ficar bem claros para a sua equipe.

Com tanta concorrência atualmente e um consumidor cada vez mais exigente, é fundamental saber exatamente o que acompanhar e o que precisa ser otimizado. Ao estabelecer metas e objetivos para a sua empresa, você dá o primeiro passo para realizar esse trabalho e conseguir melhores resultados.

Além disso, é importante escolher quais ferramentas de análise serão utilizadas. Existem diversas opções, desde as mais genéricas até aquelas que são voltadas para ações específicas. Com a transformação digital, é possível encontrar as soluções que melhor se encaixam ao seu modelo de negócio.

Quais os benefícios de mensurar os seus resultados?

Com as metas estabelecidas, você e a sua equipe podem definir quais vão ser as ações e campanhas a serem executadas em busca dos objetivos traçados. Em seguida, é hora de acompanhar e monitorar o desempenho do trabalho realizado. Os benefícios são inúmeros e, por isso, listamos alguns deles para você. Confira!

  • maior controle da produtividade e eficiência das suas ações;
  • definição de um planejamento baseado em indicadores que mostram o desempenho das suas campanhas;
  • aumento da produtividade com seus funcionários concentrados nas atividades que geram os melhores resultados;
  • excelente maneira de conseguir mais recursos para propostas inovadoras ao comprovar, com números e informações, a eficiência de um projeto ou ideia;
  • melhora a relação custo-benefício da sua área, concentrando seus recursos em ações que têm um histórico positivo dentro da sua empresa;
  • evita o desperdício de recursos em atividades que não oferecem retornos positivos para a sua empresa e, consequentemente, gera números mais positivos.

Quais são os 12 indicadores de marketing que você deve se preocupar?

Agora que mostramos a importância da mensuração de resultados, confira 12 indicadores de marketing importantes para os negócios:

1. ROI – Return on Investiment

O ROI, ou, em português, retorno sobre o investimento, é um dos principais, senão o mais importante, indicador para medir resultados, pois mostra quais ações realmente estão trazendo lucro para a empresa.

Seu cálculo é muito simples:

ROI = receita – custo do investimento/custo do investimento

Ele pode ser medido para descobrir o retorno de campanhas completas ou de ações individuais e pode ser dividido pelos canais on-line nos quais o seu negócio atua.

2. Taxa de Conversão

Esse indicador mostra o número de visitantes que se tornaram leads, ou clientes em potencial, dentro de um determinado período. Isso é feito quando a empresa fornece algo de valor ao usuário, como assinatura de newsletter, download de e-book ou consultoria gratuita. Ele, em troca, fornece informações pessoais, como e-mail.

Cada novo contato que entra no banco de dados da empresa, de forma que o setor de marketing e vendas possam atuar, conta como porcentagem nesse indicador.

3. CAC – Custo de Aquisição por Cliente

Pelo termo, já dá para imaginar o que esse indicador significa, não é mesmo? O CAC mede o custo que cada cliente teve em sua estratégia de marketing digital. Assim, os gestores podem ter uma ideia de quanto estão gastando para conquistá-lo.

O cálculo é o seguinte:

CAC = investimento total para a aquisição de clientes/clientes conquistados

Por exemplo, uma clínica médica tem um setor de marketing composto por três funcionários. Cada um deles recebe um salário de R$ 3.000,00. Além disso, a equipe tem um orçamento total de R$ 2.000,00 para investir em ações de marketing digital.

Caso se queira calcular o CAC de um trimestre, por exemplo, é só somar o valor total do investimento, no caso os salários e os gastos com marketing, e dividir pelo número de clientes conquistados naquele período. Assim, se saberá quanto foi investido em cada um deles.

4. LTV – Life Time Value

Em português, Valor do Tempo de Vida do Cliente. Esse indicador é muito importante para aquelas empresas que oferecem contratos longos e querem saber quanto conseguem lucrar por cliente durante determinado tempo.

Por exemplo, se o valor mensal pago em média é de R$ 200,00, o LVT do cliente em um ano será de R$ 2.000,00.

5. Ticket Médio

Você sabe o quanto, em média, seus clientes gastam por compra? O ticket médio é o indicador que permite ter essa noção, muito útil na hora de entender o faturamento da empresa. Esses valores são obtidos com o seguinte cálculo: a receita em vendas durante determinado período é dividida pela quantidade de pedidos feitos nesse mesmo tempo.

O ticket médio é um indicador que deve ser constantemente recalculado. Ele ajuda a entender o comportamento dos clientes e, diante dos resultados, fazer mudanças pontuais. Um ticket médio baixo pode representar um direcionamento ruim de produtos que sejam do interesse do cliente. Outras causas podem ser o preço elevado ou um site que dificulte que outros itens sejam encontrados.

6. NPS – Net Promoter Score

Um dos mais importantes indicadores de marketing digital, o NPS permite entender o quanto os clientes estão satisfeitos com o seu negócio. O principal mecanismo utilizado é realmente o questionamento direto ao cliente, por meio de enquetes e pesquisas de satisfação.

São geralmente questionamentos feitos após uma compra, muito comumente vistos em diversos sites e aplicativos de delivery, por exemplo. Após concluir, o cliente é exposto a perguntas do tipo: “de 1 a 10, quais as chances de você recomendar nossos serviços a um amigo?”.

7. Alcance de redes sociais

Quando um post é feito nas redes sociais, o mínimo que se espera dele é que chegue a um bom número de pessoas. Naturalmente, se mais pessoas viram o post, maiores as chances de engajamento. Essa visibilidade precisa sempre ser alta, o que faz a métrica de alcance muito importante.

Um alcance baixo significa que todo o trabalho realizado naquele post não teve o desempenho esperado. Os algoritmos do Facebook, por exemplo, têm dificultado bons números em campanhas orgânicas. Contudo, só posts impulsionados não trarão o desejado. O ideal é desenvolver boas campanhas, equilibrar posts pagos e gratuitos e se manter sempre de olho nesse indicador.

8. Engajamento de redes sociais

Toda marca precisa obter envolvimento e empatia dos seus seguidores nas redes sociais. Por conta disso, os indicadores de engajamento são extremamente importantes. Eles mostram o quanto os seguidores estão interessados e participativos nas postagens. Isso representa proximidade com a marca e maior propensão ao consumo de seus produtos e serviços.

Toda interação conta como atividade de fortalecimento do engajamento: comentários, compartilhamentos e curtidas são os mais marcantes no Facebook e no Instagram. Mas, lembre-se: um comentário só é bom se não for uma crítica, assim como um compartilhamento. Interações positivas marcam o engajamento realmente importante.

9. Volume de tráfego

Posts em redes sociais também podem ter a proposta de direcionar usuários a blogs. Com isso, o volume de tráfego se torna um importante indicador de marketing. Ele aponta qual a frequência de usuários que, ao acessar um link na sua rede social, visitou o blog ou o e-commerce logo em seguida.

Quanto maior esse indicador, mais pessoas estão acessando seus links, ou seja, a proposta está sendo cumprida com sucesso. O trabalho deve ser frequente para produzir conteúdos chamativos, com bons CTAs e de real interesse do público. Só assim será possível levar os usuários da sua rede social para onde você quiser!

10. Custo por Clique

Para definir se um anúncio pago, por exemplo, foi eficiente ou mesmo se o canal utilizado para a divulgação é o ideal, o Custo por Clique (CPC) é a maneira de identificar, de fato, a eficiência de uma campanha. Por meio da divisão do custo total investido no projeto pelo número de cliques que o anúncio recebeu, você tem ideia do retorno obtido.

Ou seja, consegue definir se aquela ação deu lucro ou prejuízo e, assim, pode repetir ou aprimorar para as próximas campanhas. Afinal, não adianta produzir um anúncio esteticamente perfeito, porém, não conseguir gerar resultados dele. O CPC permite que você chegue a essa conclusão.

11. Taxa de churn

A taxa de churn talvez seja a expressão que mais assusta os gestores de Marketing Digital, afinal, significa o número de cancelamentos ou abandonos registrados em sua base de clientes. Na prática, a quantidade de consumidores que estão deixando de comprar os seus produtos e/ou serviços.

Portanto, de nada adianta ter um excelente número de visitantes em suas páginas se, do outro lado da conta, os clientes estão abandonando o barco. Por isso, é fundamental acompanhar de perto a taxa de churn e evitar que ela alcance números que atrapalhem o sucesso do seu negócio.

12. Tempo de navegação

Outro fator que você deve levar em consideração na hora de analisar os indicadores de marketing é o tempo de navegação. Afinal, não adianta ter um elevado número de acessos se, na prática, o usuário não navega nas suas páginas. Quando a produção de conteúdo não é feita corretamente ou de acordo com o que o usuário esperava, a tendência é que ele deixe sua página rapidamente!

Caso esse número esteja baixo, talvez seja hora de pensar em uma reformulação no layout ou design da sua página, por exemplo. Ele é um excelente indicador para mostrar se a experiência do usuário está, de fato, sendo positiva dentro do seu site.

Como dissemos, assim como é muito importante planejar as ações de marketing digital, de modo que sejam eficazes e bem direcionadas, medir resultados torna-se fundamental para o sucesso das estratégias. Os indicadores de marketing têm papel fundamental nessa tarefa!

Agora que você já sabe como os indicadores de marketing são fundamentais para o sucesso das suas estratégias de Marketing Digital, que tal ficar por dentro de outros assuntos relevantes da área? Então é só assinar a nossa newsletter e receber outros conteúdos como este!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *